— x мαrvєℓ υทivєrsє
Faça parte do nosso RPG e seja aquilo que sempre sonhou! Herói, vilão, mercenário ou benfeitor independente, temos uma vaga para você! Libere sua imaginação e realize grandes ou terríveis feitos em nosso Universo XMarvel!

Aula 1 - Roksana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aula 1 - Roksana

Mensagem por Roksana N. Borgia em Sab Jul 19, 2014 1:42 pm


Shades of cool

■ Usando: Roupa ■ Tag: First class■ Words: tantas


Desde que estamos na escola somos perguntados as mesmas questões e conforme os anos se passam começamos a responder de formas diferentes. Aprendemos a entrar no jogo sujo dos professores, a saber, as artimanhas que usavam, começamos a perceber que nem tudo que reluz é ouro... Às vezes pode se tratar apenas de uma lata no sol. Ou talvez um diamante perdido. A coisa é: as aparências enganam. Os lábios enganam, as palavras manipulam e a mentira? Escorre como o veneno mais puro da boca de uma criança, da boca de um adolescente, da boca de um adulto... O veneno mais letal que o ser humano pode conhecer, a doce e lenta mentira lhe corroendo aos poucos enquanto você nem percebe.

A mentirosa em questão era Roksana Borgia, suas habilidades na hora de mentir haviam se aperfeiçoado com o tempo, afinal esconder o que ela escondia era algo que requeria um pouco mais de jogo de cintura... Se é que me entende. Mesmo assim a garota não era uma profissional, ainda escorregava em certas mentiras e pisava no gelo em outras, uma coisa estranha de se pensar já que viera de uma longa geração de mentirosos, ladrões e assassinos. Sempre pensara que todos nasciam sabendo mentir, porém ao longo da vida aprendera que as coisas não era bem assim, você nasce puro, as escolhas daqueles que zelam pela sua vida é que determinam se você será um mentiroso bom ou não.

No caso de Roksana as escolhas de seus progenitores determinaram que ela fosse forçada a aprender a mentir, a enganar, manipular e esconder com todas as forças que tinha. E é claro que a garota tinha se virado muito bem até agora, só que uma coisa é responder “Eu cai” quando perguntada sobre machucados. Outra era olhar nos olhos de alguém e convencê-lo que tudo o que fazia era certo. Ela ainda não estava pronta para essa etapa e sabia disto, por tal motivo estava se encaminhando a sua primeira aula de lábia. E enquanto andava pensava no que seria ensinado nesta classe, afinal você pode ensinar alguém a mentir? Isto é algo tem um livro didático? Algo dizia a Roksana que não, mas mesmo assim ela entrou na sala e sentou-se pronta para ouvir o que quer que seu novo mestre lhe passasse.

Os dedos de Roksana batiam insistentemente contra a madeira da carteira, a ruiva sofria de TDAH e isto lhe fazia ficar agitada. Ela até estava prestando atenção ao que o homem lhe falava, mas o som dos dedos na madeira era maior lhe chamando a atenção cada vez mais, e a garota não conseguia controlar. Logo a perna começou a tremer como em um tique, os dedos batendo, a perna tremendo e as palavras lhe prendendo a atenção, belo jeito de começar as aulas. Oh avaliações, Roksana sempre fora excelente em avaliações... Isto é quando eram rápidas o bastante para que a garota não perdesse a atenção. As palavras do professor vaguearam pela mente de Roksana, ela com toda certeza teria certa dificuldade de se concentrar o bastante para lembrar-se do que o professor havia dito, porém ela o faria, sempre o fazia.

Com calma a garota pegou uma folha do caderno e começou a fazer um cabeçalho com seu nome, data e tudo mais que havia aprendido na escola. “Você deve iniciar uma conversa para convencer alguém independente de qualquer situação?” Não, afinal não é sempre que alguém está disposto a lhe ouvir e há também o fator de que às vezes algumas pessoas se encontram mais fortes emocionalmente que em outros momentos. Então minha resposta é não, você não deve iniciar uma conversa independente de qualquer situação. “Ao gaguejar durante uma conversa o que significa isso para quem está ouvindo?” Um claro sinal de hesitação, de que seus argumentos não são fortes o bastante, é um claro sinal de que você está mentindo... E mal por sinal. “Não permita que a pessoa lhe contra argumente. Essa afirmação é verdadeira ou falsa. Explique por que.” Falsa. Você deve esperar que a pessoa lhe contra argumente, assim dará a ela uma sensação de conforto na conversa e também mostrará que é um diálogo e não um monólogo. E também pelo fato de que se o fizer pode deixar a pessoa irritada e fazer com que ela perca o interesse em seus argumentos, sem contar o fato que se você ouvir os contra argumentos do manipulado em questão você será apto a construir seus próprios argumentos baseados nos dele. “Façam um discurso em 15 linhas me convencendo de que merecem tirar nota máxima nesse exercício.”

Primeiramente queria fazer uma colocação bem simples, sua aula foi extremamente esclarecedora em certas questões e me fez realmente pensar em minhas falhas e acertos, obrigada. Agora porque você deveria me dar nota máxima? É algo simples na verdade. Se você me avaliar por meio de um texto creio que não irá realmente estar ME avaliando no quesito de minha lábia e sim na minha escrita. Não acha? Um escritor aprende a convencer os leitores com suas palavras e apenas suas palavras, mas um bom mentiroso aprende com seu corpo, coração e alma. Então volto a lhe perguntar você acha que realmente é uma boa me avaliar por meio de minha escrita? Não estou duvidando de seu bom trabalho, muito pelo contrário. Acho que deve me dar nota máxima pelo nível de absorvimento que tive de sua matéria, e acredite foi muito. Se fosse avaliar os professores lhe daria nota máxima e acho que deveria me dar também, afinal os melhores alunos vem dos melhores mestres, se me der uma nota baixa não será minha culpa e sim sua. Afinal você estará dizendo que não conseguiu fazer um trabalho bom o bastante em passar os ensinamentos que queria para jovens mentes tão facilmente moldáveis. Não concorda? Em minha humilde opinião este trabalho vale nota máxima por expressar tudo àquilo que aprendi durante sua aula.

___________________________________________________






Roksana Natasha Borgia
My baby lives in shades of blue Blue eyes and jazz and attitude He lives in California too He drives a Chevy Malibu. And when he calls He calls for me and not for you He lives for love, he loves his drugs He loves his baby too
avatar
Roksana N. Borgia
Clube do Inferno
Clube do Inferno

Mensagens : 7
Data de inscrição : 18/07/2014

Ficha X-Marvel
Level : 2
Poderes e Atributos: Banshee e Magia Demoníaca +1 ATK / +1 DEF
Reputação:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum