— x мαrvєℓ υทivєrsє
Faça parte do nosso RPG e seja aquilo que sempre sonhou! Herói, vilão, mercenário ou benfeitor independente, temos uma vaga para você! Libere sua imaginação e realize grandes ou terríveis feitos em nosso Universo XMarvel!

Celas de Contenção

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Celas de Contenção

Mensagem por Nick Fury em Qui Abr 24, 2014 2:43 pm





...
avatar
Nick Fury
Agents of S.H.I.E.L.D
Agents of S.H.I.E.L.D

Mensagens : 77
Data de inscrição : 02/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Celas de Contenção

Mensagem por Black Queen em Sex Jul 10, 2015 2:15 pm

Des daquele dia
Nada me sacia, minha vida ta vazia
D
epois daquele dia, nada me sacia, minha vida ta vazia dês daquele dia...

Os olhos de Blake se abrem lentamente com a claridade. Seu corpo estava acostumado a ser atingido e se recuperar, mas, dessa vez as coisas pareciam totalmente diferentes.  Os olhos dela novamente se fecham. A sua cabeça, além do corpo, doía de forma intensa. Sua mão então é levada até o pescoço, sentia que algo ali a incomodava. Quando toca sente o gelo do metal, seus olhos se arregalam e a claridade começa então a iluminar o local.

Alice estava em meio a uma cela transparente, tão transparente que podia ver Melinda em sua frente e do lado dela, Nicko e do lado dele Baron. Ela leva a mão até o pescoço se dando conta de onde estava.

- Droga!

Ela deu um gritinho, ela sabia o que aquilo significava. Sabia muito bem, era um armamento Shi Har, ele inibia poderes de qualquer ser que os possuísse e parecia que todos eles estavam usando estes.

A mão de Mérida foi até a cabeça e sua mente foi lhe mostrando novamente o que tinha ocorrido:

- NAVE SHI HAR -

Alice estava no principio desesperada, sentia que as coisas demorariam a ser resolvidas e ver aquela criatura sucumbir a jóia foi um golpe de sorte, talvez naquele momento seu extinto estivassem errados, ela não estava bem? Ainda um pouco tonta foi até a jóia e a pegou, com um dispositivo que a guardava e então olhou par Nicko.

- Tudo esta bem, quando acaba bem...

Ela proferiu frases do grande autor e quando se vira vê Viktor, o ajudante de Melinda. Mas ele estava morto, não estava? Ele vem em sua direção, a necromante da uma passo para trás mais ele rapidamente pega sua cabeça e leva de encontro até a mesa, a deixando em um local escuro, ou ao menos era isso que ela conseguia ver.

- Momentos depois

Alice acorda tonta depois de Nicko e procura a jóia, ele a devia ter roubado e o pior, não deveria ser Viktor e sim, Mística.
- Devia ter deixado ela morrer, ao invés da Melinda.

Quando profere isso escuta a voz de Melinda chegando.

- Perdemos a jóia,...

Blake diz logo de cara e todos acabam ligando isso a Shaw.


- Malditos ...

Agora todos sabiam de uma coisa, já não faziam parte do Clube do Inferno, estariam renegados, mas que se ferre, eles eram poderosos e iriam se vingar muito bem daquela coisa.

Decidiam ir para casa , pegando outra nave, porém, estavam a beira de uma retaliação da SHIELD.

**

Quando isso passou em sua mente lembrou das alternativas que a Agente Hill deixou. Morrer condenada por todos os maravilhosos crimes ou servir a eles com os Thunder. Aquilo seria ridículo, mas o que ela poderia fazer, final não era apenas ela agora. Talvez houvesse algo dentro dela, algo valioso, ela queria ser diferente da sua mãe.. queria amar sinceramente uma vez na vida sem jogos de sedução ou algo envolvido.

Merida sente seus olhos esquentarem, ou seja, vinham lagrimas por ai, elas não queria.. Mesmo, mas o que faria a não ser servir aos seus inimigos, ajuda-los. Se ao menos ela pudesse se vingar dos malditos Shaw e Mística. A vontade de quebrai-los era piro do que tudo,

Hora: Algum momento depois da captura da SHIELD
Local : Celas da Shield
Participantes : Black Queen, Red Queen, Baron and Nickolay
Titulo : Depois daquele Dia

frase 3


Última edição por Black Queen em Qua Jul 15, 2015 9:26 pm, editado 1 vez(es)

___________________________________________________





The Evil Royalty
®
avatar
Black Queen
Thunderbolts
Thunderbolts

Mensagens : 189
Data de inscrição : 13/05/2014

Ficha X-Marvel
Level : 6
Poderes e Atributos: Necromancia e Menecinese ( +3 ATK, +2 DEF e +3 Armas)
Reputação:
-7/-12  (-7/-12)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Celas de Contenção

Mensagem por Red Queen em Sab Jul 11, 2015 4:30 am

@Lih

Eye of the Needle
WHERE: Celas de Contenção da S.H.I.E.L.D. ● WITH: Merida, Nick e Tommy.
“Take me down… I’m feeling now.”


Tudo em que eu conseguia pensar, era na raiva. E na frustração. Principalmente porque, pela primeira vez em anos, eu estivera tão próxima de realizar todos os meus objetivos. Mas tudo fora destruído. Como se uma avalanche de desastres estivesse desaguando em nossas vidas, como um lembrete de todas as vidas que havíamos destruído. Sim, eu era uma criminosa. E uma assassina. Mas o significado daquelas palavras nunca tivera um verdadeiro significado para mim. Eu não reconhecia a importância de respeitar a vida humana, simplesmente porque eu era incapaz de qualquer empatia ou sentimento de amor genuíno. E não me refiro ao fato de ser solitária, mesquinha, arrogante ou sádica. Também era tudo isso. O problema era que desde quando eu ainda era um bebê, havia recebido poderes mágicos da Entidade Infernal Mephisto, que retirou minha empatia e capacidade de amar. Tudo o que eu conhecia, eram os outros sentimentos. Não que todos fossem maus, mas não podiam ser considerados suficientes.

Havia a paixão, é claro. Eu flertara com esta durante algum tempo. A luxúria também estava lá, assim como a sabedoria, um pouco de prudência e de compaixão. Meu repertório de bons sentimentos acabava aí. Não sabia dizer o que era o altruísmo, muito menos a caridade. E não era por falta de exemplo ou tentativa. Eu só... Não sentia. Acreditei durante muitos anos que um dia estaria livre de Mephisto, e planejava usar a Joia do Infinito para barganhar com ele. Ainda que para isto eu precisasse roubar meus aliados, mantendo o artefato só para mim. No fundo, eu usara todos eles do mesmo jeito que Shaw. Eu era mais “filha” dele do que gostava de admitir. Aprendera mais com aquele verme do que eu desejaria. A verdade era que eu devia ter adivinhado que ele jamais confiaria plenamente em seus associados do Clube. Não com um objeto tão importante. Ele apenas aproveitou-se de nossa ganância para que tivéssemos todo o trabalho pesado em seu nome. Somente um desgraçado miserável como ele poderia ter entregado nossos dados com tanta perfeição para Hill. Isso se não houvesse outro traidor entre nós, além de mim.

Gemendo e tentando alinhar meus cabelos, encostei numa das paredes de minha cela, sentando-me no chão e abraçando os joelhos. Não havia luz ali, e aquela estrutura de vidro parecia ser o bastante para conter até mesmo o Hulk. E eu não duvidava de que de fato pudesse. Se eu conseguisse mudar para minha forma de dragão, talvez conseguisse quebrar aquela cela infernal... Mas não enquanto estivesse com aquela coisa grotesca atada ao meu pescoço. Um inibidor de habilidades especiais. Não pensei que fossem funcionar em mim, que tinha poderes mágicos. Mas pelo visto, não era só o gene X mutante que aquela engenhoca era capaz de conter. Enervava-me que os humanos fossem capazes de possuir tal tecnologia absurda. Perguntei-me a razão para não nos terem matado logo, sem rodeios. Por que manter vivos criminosos tão importantes e odiados quanto nós? Não existia solução lógica, a menos que a S.H.I.E.L.D. planejasse lucrar alguma coisa, conosco. E eu apostaria meu corte de cabelo que eles queriam. Foi quando ouvi Nickolay falando com Alice, e olhei na direção dela. Não podia mais sentir a alma do bebê que ela esperava, mas eu sabia que ela estava grávida através da minha mediunidade.

- Não sei o que vocês acham, mas eu preferiria morrer a ter que trabalhar para os Thunderbolts. Mas a real é que todos os membros dessa equipe já mataram antes, como nós. Alguns deles eram até piores do que a gente. E eu amo os prazeres da carne demais para ser executada. – Admiti, o que me assustou. Durante toda a vida eu aceitara missões suicidas e as piores experiências. Fazia o que fosse com meu corpo para conseguir o que queria, sem medo de adoecer ou de ser ferida. Nunca havia tido tanta consciência de que desejava permanecer viva, até que minha vida entrou em risco. – Vou aceitar a oferta da Hill, mas nem por um segundo pretendo deixar de ser a Rainha Vermelha. Lamento muito por tê-los decepcionado, mas o nosso sonho de sermos livres não acaba aqui. Seremos a realeza para sempre. Ainda que o Clube não exista mais.– Juntando o pouco de dignidade que eu ainda tinha, bati meu uniforme amassado e levantei-me. Quando Maria Hill retornasse para mais um interrogatório (já seria o quinto naquele mesmo dia), me encontraria de pé. – Eu devia ter previsto o que aqueles dois desgraçados estavam aprontando. Mas para seguirmos do zero uns com os outros, queria contar que planejei roubar a Joia só para mim. Espero que possam me perdoar. – Revelei, dando de ombros. – Mas eu tinha motivos realmente relevantes para isso, então sinto muito. Eu gostaria muito que continuássemos juntos para enfrentar isso. Acho que vocês o mais próximo de amigos que eu já tive. Se é que se pode dizer que somos amigos...

Eu não tinha certeza de mais nada. Mas naquela altura, estávamos tão enrascados e desiludidos, que minha dignidade encolhera o bastante para passar através do buraco de uma agulha. Eu reconhecia aquela sensação. Era como eu me sentia toda vez em que assistia o amor dos meus pais por Zeus, o meu gêmeo. Cantor famoso e super-herói, ele era tudo o que eu jamais poderia ser. E fora amado por isso, de uma maneira que eu nunca pude. Tudo por culpa de Mephisto. Sempre que algo de bom ocorria em minha vida, era como se a presença nefasta dele retornasse para me assombrar. Como uma dívida eterna. Eu só esperava poder pagar aquilo, um dia. Seria um alívio poder sentir o amor, saber do que se tratava. Poder dá-lo, e recebê-lo. Talvez então eu entendesse porque considerava o assassinato algo tão terrível. Acho que existiam motivações piores do que as minhas, no mundo. Afinal, eu só gostaria de saber algo que a maioria das pessoas nunca pensaria em perguntar. Uma pena que talvez, naquele momento de derrota e incerteza, eu estivesse ainda mais longe de conseguir me livrar de Mephisto um dia...



Melinda Folks
Red Queen


Dados básicos:

Atributos: +6 ATK.
Bônus por nível: +8 BN
Bônus por Uniforme:
•Uniforme de Assassino - +3 de ATK (A cada dois níveis ganha +2 de ATK):



Equipamentos:

--Anel com Brasão da Família Real de Lyfaor;

Perícias:


1.Lábia

2.Resistência Mágica- Capaz de entender e compreender os mistérios da magia, esse jogador torna-se mais resistente a esse tipo de ataque do que outros jogadores. Com essa pericia, o jogador pode GANHAR uma defesa contra magia de +2 de proteção 1 vez a cada 2 turnos. O bônus dessa perícia aumenta +2 pontos a cada nível que subir.

Desvantagens:


1.Dívida de Sangue - Mephisto salvou a vida de Melinda quando criança, e ela tem para com o demônio uma relação de dívida eterna.;

2. Alergia – Alérgica a morangos e abelhas.

PODERES:

Magia Vodu.

Nível Um.

“Vodu Doll”: O player tem a capacidade de provocar lesões no próprio corpo, para ferir os inimigos. Se preferir, também pode conjurar bonecos de palha no formato de seres humanos, e usá-los como referência. Precisa ver o alvo de seus golpes, numa distância de até 25m, além de ser obrigado a usar as agulhas conjuradas para seu intento, podendo ferir-se e sair ileso apenas por elas. +1 em ataque, e seus adversários recebem -1 de defesa, pelo ferimento. Habilidade possível 1 vez a cada 2 turnos.


“Médium”: Melinda pode ver, ouvir e falar com os mortos. Pode invocá-los ao seu bel prazer, e forçá-los a compartilhar informações, desde que estejam nos planos infernais. Espíritos bondosos são imunes aos seus poderes, e embora apareçam, não podem ser dominados. Com sua mediunidade, pode fazer com que seus inimigos tenham visões de seus entes queridos que se foram. Os alvos perdem -1 de esquiva e defesa pela distração. Um dado 1d10 é lançado. Se o resultado for maior que cinco, o inimigo de Melinda perde uma de suas ações, distraído pelos fantasmas. Se for menor, recebe apenas os DESCONTOS normais. Pode ser utilizada a cada três turnos.


"Zumbis": O usuário pode erguer até dois corpos zumbificados de aparência demoníaca, invocados das dimensões infernais num vórtice negro. Cada um deles, pode realizar um único movimento por rodada, de ataque ou defesa. Possuem 10HP, e +1 de ataque cada. Obs: Os zumbis vodus não são destruídos com tiros na cabeça, como os zumbis modernos. São corpos reanimados por feitiçaria, e se movem até que não sobre nada dos mesmos. Só podem ser destruídos por fogo, habilidades de cura, mutilação ou magias de luz, negando outros danos. Somem depois de duas rodadas. Podem ser invocados de novo num intervalo de quatro turnos.


“Relâmpago Negro”: O bruxo vodu pode absorver energia, da dor provocada em seus inimigos. Na ocasião em que ativa esta habilidade, ele absorve a energia dos planos inferiores e conjura um raio semelhante à um relâmpago, embora feito de sombras. +1 de ataque. Duas rodadas de intervalo.



Nível Dois.

"Sem Alma": Capacidade de não sentir absolutamente nenhuma dor, assim amenizando qualquer ferida que receba, diante de ações inimigas. Com a mente treinada nas artes mágicas mais obscuras, o feiticeiro vodu torna-se capaz de esvaziá-la completamente como se fosse um boneco sem vida. Isso o torna imune a quaisquer ataques psíquicos, ilusões, ou influências mentais de inimigos no mesmo nível, ou mais fracos que ele. Muito útil em interrogatórios, ou tentativas de tortura. Ganha +2 de defesa contra ataques psíquicos, mágicos e espirituais.[Passiva] Bônus aumenta em +1 para cada nível adquirido.


"Venomante": Feiticeiros Vodus utilizam as mais variadas espécies de serpentes e toxinas alucinógenas em seus rituais, e são constantemente conectados a tais criaturas, espiritualmente. Com esta habilidade, Melinda pode controlar até duas serpentes comuns por vez, e se comunicar livremente com as mesmas. É imune à qualquer toxina conhecida, suportando gases venenosos, drogas, e podendo ingerir alimentos impensáveis, como produtos químicos, ácidos e elementos tóxicos. +2 de defesa contra golpes que envolvam veneno ou ácidos.(Passiva). Bônus aumenta em +1 para cada nível adquirido.


"Nevasca Obscura": A feiticeira invoca uma terrível nevasca, que atinge os inimigos com fragmentos afiados de gelo. Durante a duração de seu feitiço, no ar soam gargalhadas e gritos dos espíritos das trevas, que podem confundir os adversários. +2 de ataque e +2 de defesa contra golpes de gelo. Intervalo de três turnos.


"Telecinese Vodu": Torna Melinda capaz de erguer até 250kg de matéria, podendo comprimí-la, arremessá-la, e manipulá-la com facilidade, quebrando e transformando em projéteis ou escudos. +2 de ataque. Intervalo de três turnos. Pode erguer-se no ar e utilizar o poder para voar, sem custos. [Passiva].



Nível Três.

“Vodu Doll”: O player tem a capacidade de provocar lesões no próprio corpo, para ferir os inimigos. Se preferir, também pode conjurar bonecos de palha no formato de seres humanos, e usá-los como referência. Precisa ver o alvo de seus golpes, numa distância de até 25m, além de ser obrigado a usar as agulhas conjuradas para seu intento, podendo ferir-se e sair ileso apenas por elas. +3 em ataque, e seus adversários recebem -3 de defesa, pelo ferimento. Habilidade possível 1 vez a cada 2 turnos.


“Médium”: Melinda pode ver, ouvir e falar com os mortos. Pode invocá-los ao seu bel prazer, e forçá-los a compartilhar informações, desde que estejam nos planos infernais. Espíritos bondosos são imunes aos seus poderes, e embora apareçam, não podem ser dominados. Com sua mediunidade, pode fazer com que seus inimigos tenham visões de seus entes queridos que se foram. Os alvos perdem -3 de esquiva e defesa pela distração. Um dado 1d10 é lançado. Se o resultado for maior que cinco, o inimigo de Melinda perde uma de suas ações, distraído pelos fantasmas. Se for menor, recebe apenas os DESCONTOS normais. Pode ser utilizada a cada três turnos.


"Zumbis": O usuário pode erguer até dois corpos zumbificados de aparência demoníaca, invocados das dimensões infernais num vórtice negro. Cada um deles, pode realizar um único movimento por rodada, de ataque ou defesa. Possuem 30HP, e +3 de ataque cada. Obs: Os zumbis vodus não são destruídos com tiros na cabeça, como os zumbis modernos. São corpos reanimados por feitiçaria, e se movem até que não sobre nada dos mesmos. Só podem ser destruídos por fogo, habilidades de cura, mutilação ou magias de luz, negando outros danos. Somem depois de duas rodadas. Podem ser invocados de novo num intervalo de quatro turnos.


“Relâmpago Negro”: O bruxo vodu pode absorver energia, da dor provocada em seus inimigos. Na ocasião em que ativa esta habilidade, ele absorve a energia dos planos inferiores e conjura um raio semelhante à um relâmpago, embora feito de sombras. +3 de ataque. Duas rodadas de intervalo.



Nível Quatro.

"Nevasca Obscura": A feiticeira invoca uma terrível nevasca, que atinge os inimigos com fragmentos afiados de gelo. Durante a duração de seu feitiço, no ar soam gargalhadas e gritos dos espíritos das trevas, que podem confundir os adversários. Seu corpo é coberto de gelo, potencializando seus golpes +4 de ataque e +4 de defesa. Intervalo de três turnos.


"Telecinese Vodu": Torna Melinda capaz de erguer até 300kg de matéria, podendo comprimi-la, arremessá-la, e manipulá-la com facilidade, quebrando e transformando em projéteis ou escudos. Com esforço, pode gerar dois braços negros psicocinéticos e intangíveis na forma de duas garras demoníacas de cor arroxeada, que atingem até dois alvos ao mesmo tempo, com socos poderosos. Ou, pode criar um escudo com as garras mentais, que se mantém ativo por dois turnos. Oferece +4 em defesa ou ataque, dependendo da ação. Intervalo de três turnos.


“Quebranto”: O bruxo vodu invoca a energia das trevas para prejudicar um alvo de sua maldição, que dura por duas rodadas ativa. Durante este período, o alvo escolhido receberá uma penalidade de -4 em todos os seus movimentos, e em quaisquer ações ofensivas ou defensivas que tente realizar. Mas devido à conexão com Melinda, ela leva -4 de ataque contra o mesmo alvo. Pode ser usada a cada três turnos.


"Pirocinese Infernal": Consegue criar labaredas negras que percorrem até 25 metros antes de atingirem os inimigos. Seu fogo pode adquirir formas de criaturas demoníacas, que riem e debocham de seus oponentes com consciência viva, conferindo +5 de ataque na ação. Habilidade usada 1 vez a cada três turnos.


"Bamf!": Melinda invoca um pequeno bando de demônios em miniatura, que a envolvem como se fossem seus filhotes. Eles a envolvem com névoa negra, e podem teleportá-la durante o combate, numa distância de até 400 metros. +4 de esquiva. Três rodadas de intervalo.



Nível Cinco.

“Vodu Doll”: O player tem a capacidade de provocar lesões no próprio corpo, para ferir os inimigos. Se preferir, também pode conjurar bonecos de palha no formato de seres humanos, e usá-los como referência. Precisa ver o alvo de seus golpes, numa distância de até 25m, além de ser obrigado a usar as agulhas conjuradas para seu intento, podendo ferir-se e sair ileso apenas por elas. +5 em ataque, e seus adversários recebem -5 de defesa, pelo ferimento. Habilidade possível 1 vez a cada 3 turnos.


“Médium”: Melinda pode ver, ouvir e falar com os mortos. Pode invocá-los ao seu bel prazer, e forçá-los a compartilhar informações, desde que estejam nos planos infernais. Espíritos bondosos são imunes aos seus poderes, e embora apareçam, não podem ser dominados. Com sua mediunidade, pode fazer com que seus inimigos tenham visões de seus entes queridos que se foram. Os alvos perdem -5 de esquiva e defesa pela distração. Um dado 1d10 é lançado. Se o resultado for maior que cinco, o inimigo de Melinda perde uma de suas ações, distraído pelos fantasmas. Se for menor, recebe apenas os descontos normais. Pode ser utilizada a cada três turnos.


"Domadora de Demônios": Melinda pode invocar dois poderosos demônios dos círculos infernais, com garras avantajadas, caninos afiados, pele escamosa e asas de morcego. Possuem 70HP, e +5 de ataque ou defesa. Somem depois de duas rodadas. Podem ser invocados de novo num intervalo de quatro turnos.


“Relâmpago Negro”: O bruxo vodu pode absorver energia, da dor provocada em seus inimigos. Na ocasião em que ativa esta habilidade, ele absorve a energia dos planos inferiores e conjura um raio semelhante à um relâmpago, embora feito de sombras. +5 de ataque. Três rodadas de intervalo.


“Misericórdia Maldita": Em situações extremas, Melinda pode utilizar a força do inferno para burlar as leis espirituais. Quando um aliado for morto em combate, poderá sacrificar todas as suas ações na rodada e 20HP, para trazê-lo de volta à vida, com 10HP de energia. Melinda fica vulnerável ao realizar este ritual, e deve ser protegida. Intervalo de quatro turnos.


Conjuração e Domínio Dimensional de Dragões.


Nível Um.


“Invocar Dragão”: Melinda invoca um poderoso dragão das dimensões paralelas. Com 50HP, a criatura possui a capacidade de cuspir fogo em labaredas de até 20 metros. O dragão possui cinco metros de comprimento, e pode voar em até 50km/h. Pode realizar duas ações por rodada, obedecendo aos comandos mentais de sua mestra, através da mente coletiva, com +1 de ataque. O dragão só pode ser invocado novamente, após quatro rodadas de sua última morte.



“Fisiologia Dracônica”:Pode se transfigurar numa criatura híbrida assustadora, de dragão e humano. Neste aspecto, recebe asas dracônicas capazes de voar em velocidade de até 30km/h.+1 de esquiva. Suas garras tornam-se afiadas, assim como os seus dentes. +1 de ataque. Três rodadas de intervalo.



“Lábia Dominadora”: Melinda é a domadora perfeita, capaz de controlar mesmo as criaturas mais selvagens das dimensões paralelas. Pode utilizar sua voz de comando com qualquer criatura viva, para enviar comandos cerebrais eficientes, em sentenças claras. -1 de ataque e defesa para o alvo. Três turnos de intervalo.



“Mãe dos Dragões”: Pode dominar e falar com dragões e répteis de qualquer espécie, incluindo serpentes, crocodilos, lagartos, iguanas, camaleões, etc. Pode reforçar a própria pele com placas de escamas típicas dessas espécies, adquirindo +1 de defesa.



Nível Dois.


“Transfiguração Dracônica”: Melinda se transfigura totalmente em um dragão, com três metros de altura. Sua forma dracônica mantém as asas, mas recebe +2 em defesa devido às escamas de dragão. Pode lançar um sopro de fogo, ou atacar com unhas, cauda e dentes nesta forma, recebendo então +2 de ataque. Intervalo de três rodadas. A transformação pode durar até duas.



“Transmutação Dracônica”: Pode transformar o punho numa cabeça de dragão, capaz de emitir uma labareda de chamas ou rajada de gelo intensa. +2 de ataque. Intervalo de três turnos.



“Sabedoria dos Dragões”: Pode localizar objetos valiosos e pessoas num raio de 100 metros, além de adquirir o dom de interpretar as palavras e reações dos adversários, descobrindo sempre quando trata-se de uma mentira, desde que possa manter contato visual. +2 de esquiva, por saber o que esperar do inimigo, prevenindo-se e nunca sendo pega de surpresa. Intervalo de três turnos.



“Conjuração Dracônica”: Pode transformar animais comuns como cães, gatos, cavalos, peixes, aves, etc, em dragões. Os dragões terão tamanho equivalente ao da criatura usada como matéria prima, e 20HP. Receberão +2 em seus ataques, conectados mentalmente às ordens de Melinda. Não funciona em espécies com intelecto superior. Limite de dragões conjurados é de dois. Intervalo de três rodadas.



Nível Três.


“Invocar Dragão”: Melinda invoca um poderoso dragão das dimensões paralelas. Com 70HP, a criatura possui a capacidade de cuspir fogo em labaredas de até 30 metros. O dragão possui cinco metros de comprimento, e pode voar em até 65km/h. Pode realizar duas ações por rodada, obedecendo aos comandos mentais de sua mestra, através da mente coletiva, com +3 de ataque. O dragão só pode ser invocado novamente, após quatro rodadas de sua última morte.




“Fisiologia Dracônica”:Pode se transfigurar numa criatura híbrida assustadora, de dragão e humano. Neste aspecto, recebe asas dracônicas capazes de voar em velocidade de até 40km/h.+3 de esquiva. Suas garras tornam-se afiadas, assim como os seus dentes. +3 de ataque. Três rodadas de intervalo.



“Lábia Dominadora”: Melinda é a domadora perfeita, capaz de controlar mesmo as criaturas mais selvagens das dimensões paralelas. Pode utilizar sua voz de comando com qualquer criatura viva, para enviar comandos cerebrais eficientes, em sentenças claras. -3 de ataque e defesa para o alvo. Três turnos de intervalo.



“Mãe dos Dragões”: Pode dominar e falar com dragões e répteis de qualquer espécie, incluindo serpentes, crocodilos, lagartos, iguanas, camaleões, etc. Pode reforçar a própria pele com placas de escamas típicas dessas espécies, adquirindo +3 de defesa.



Nível Quatro.



“Transfiguração Dracônica”: Melinda se transfigura totalmente em um dragão, com cinco metros de altura. Sua forma dracônica mantém as asas, mas recebe +4 em defesa devido às escamas de dragão. Pode lançar um sopro de fogo, ou atacar com unhas, cauda e dentes nesta forma, recebendo então +4 de ataque. Intervalo de três rodadas. A transformação pode durar até duas.



“Transmutação Dracônica”: Pode transformar o punho numa cabeça de dragão, capaz de emitir uma labareda de chamas ou rajada de gelo intensa. +2 de ataque. Intervalo de três turnos.



“Sabedoria dos Dragões”: Pode localizar objetos valiosos e pessoas num raio de 100 metros, além de adquirir o dom de interpretar as palavras e reações dos adversários, descobrindo sempre quando trata-se de uma mentira, desde que possa manter contato visual.+4 de esquiva, por saber o que esperar do inimigo, prevenindo-se e nunca sendo pega de surpresa. Intervalo de três turnos.



“Conjuração Dracônica”: Pode transformar animais comuns como cães, gatos, cavalos, peixes, aves, etc, em dragões. Os dragões terão tamanho equivalente ao da criatura usada como matéria prima, e 40HP. Receberão +4 em seus ataques, conectados mentalmente às ordens de Melinda. Não funciona em espécies com intelecto superior. Limite de dragões conjurados é de dois. Intervalo de três rodadas.



“A Não-Queimada”: Melinda adquire imunidade parcial às chamas, podendo respirar e caminhar livremente entre elas. Adquire +4 de resistência contra ataques que usem este elemento, e pode conjurar chamas de até vinte metros, recebendo +4 de ataque. Intervalo de três turnos.



Nível Cinco.


“Invocar Dragão”: Melinda invoca um poderoso dragão das dimensões paralelas. Com 90HP, a criatura possui a capacidade de cuspir fogo em labaredas de até 50 metros. O dragão possui cinco metros de comprimento, e pode voar em até 90km/h. Pode realizar duas ações por rodada, obedecendo aos comandos mentais de sua mestra, através da mente coletiva, com +5 de ataque. O dragão só pode ser invocado novamente, após quatro rodadas de sua última morte.



“Fisiologia Dracônica”:Pode se transfigurar numa criatura híbrida assustadora, de dragão e humano. Neste aspecto, recebe asas dracônicas capazes de voar em velocidade de até 70km/h.+5 de esquiva. Suas garras tornam-se afiadas, assim como os seus dentes. +5 de ataque. Três rodadas de intervalo.



“Lábia Dominadora”: Melinda é a domadora perfeita, capaz de controlar mesmo as criaturas mais selvagens das dimensões paralelas. Pode utilizar sua voz de comando com qualquer criatura viva, para enviar comandos cerebrais eficientes, em sentenças claras. -5 de ataque e defesa para o alvo. Três turnos de intervalo.



“Mãe dos Dragões”: Pode dominar e falar com dragões e répteis de qualquer espécie, incluindo serpentes, crocodilos, lagartos, iguanas, camaleões, etc. Pode reforçar a própria pele com placas de escamas típicas dessas espécies, adquirindo +5 de defesa.



“Portal Dimensional das Chamas”: Pode abrir um portal direto para a dimensão dos dragões, invocando uma tempestade de fogo na direção de seus adversários. +5 de ataque, e -5 por queimadura para os atingidos, durante duas rodadas. Habilidade possível a cada quatro turnos.



___________________________________________________






Melinda M. Folks


Tunderbolts U.u
Red Queen

avatar
Red Queen
Thunderbolts
Thunderbolts

Mensagens : 29
Data de inscrição : 09/07/2014
Idade : 21
Localização : Unknow.

Ficha X-Marvel
Level : 4
Poderes e Atributos: Magia Vodu & Conjuração|Controle Dimensional de Dragões (+4 Atk).
Reputação:
-5/-6  (-5/-6)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Celas de Contenção

Mensagem por Baron em Sab Jul 11, 2015 11:43 pm

Awake and Alive



Acordar de um pesadelo era algo muito simples para um ser humano. Era simples como ir ao banheiro ou respirar, afinal, mesmo um pesadelo não passava de um sonho, uma criação da mente, porém, e quando o pesadelo era tão real que não fosse possível sair dele? Era assim que eu me sentia, preso em um pesadelo de modo tão intenso que era impossível acordar.

Abri meus olhos devagar. Minha cabeça ainda doía muito, por causa da luta contra os guardar do império Shi'Har, bem como meu corpo. Minhas vértebras estalavam a cada movimento que eu executava, não importando a intensidade ou velocidade. Era difícil até mesmo para respirar. A única coisa que conseguia diminuir todo aquele sofrimento era a cama, que era bastante confortável.
- ...O que houve...? Onde estou...? - proferi, enquanto tentava levantar.

Obviamente levantar não foi uma boa ideia, pois minha cabeça começou a girar e eu logo cai sentado na cama. Algo estava terrivelmente errado. Ao olhar para minhas mãos, notei um aparato que me cobria os punhos e os tornozelos. Era de um metal brilhante e parecia poderoso. Uma tentativa de usar meus poderes acabou infrutífera, o que me deixou frustrado. Percebi, então, o motivo de usar aqueles braceletes estranhos.
- Supressão de poderes. É claro...

Demorei vários minutos para conseguir me recompor e mesmo assim não foi por completo. Percebi que era o golpe na cabeça que havia me deixado tão fraco. Levantei meu olhar, procurando alguém conhecido e logo percebi as mechas brilhantes e loiras que brilharam para mim e me deixaram sobreviver até aquele momento. Era Alice. A mulher com a qual eu me preocupava desde que aquela missão havia começado. A única com a qual eu me preocupava, diga-se de passagem. Agora, mais do que nunca, pois a notícia de sua gravidez havia me deixado mais determinado a protegê-la de qualquer um que emitisse perigo.
- ...Alice, você... está bem? - disse, ainda fraco.

Notei que outros também estavam ali na cela, dentre eles, Melinda.
- Você está aqui também é? A culpa disso tudo é sua, Melinda. Se escaparmos daqui, me lembra de te matar... - disse, sorrindo para ela.

Forcei meu corpo a levantar novamente. Dessa vez não foi tão difícil quanto antes. Caminhei até ficar próximo de Alice e a observei por algum tempo sem dizer nada. Pela primeira vez em muito tempo, me senti estranho. Uma mescla de alívio e medo. Alívio por ela estar bem. Medo por ela estar ali, presa, junto com todos nós.
- É muito bom ver que conseguiu sair viva disso tudo, Alice. - disse, sorrindo para ela.- Mas ainda me deve um Jet novinho.

Ouvi as palavras de Melinda, sem conseguir entender muito bem o que tudo aquilo significava. Queria poder dizer a ela que, apesar dela ter nos guiado para a morte iminente, eu ainda a considerava bem próxima de uma amiga.
- Essa não será a primeira vez que o meu mundo irá se despedaçar. - disse, caminhando na sala.- Mas acredito que minha missão nisso tudo está longe do fim. Agora, mais do que nunca, tenho motivos para seguir em frente. Seja qual for o caminho ofertado, eu irei aceitar...

Sentei-me próximo a Alice e ali aguardei. Receber informações entrecortadas me fez perceber que cair desmaiado no meio de uma guerra não era muito sensato, mas o que eu poderia fazer?
- Alice. - disse baixinho para ela.- Na próxima vez que for aparecer para me salvar, tente não ser muito mandona. Você sabe que eu detesto... - suspirei e sorri, completamente exausto.
Copyright Richie © All rights reserved

___________________________________________________





in my skin, come away with innocence and leave me with my sins!The air around me still feels like a cage!
❥ Bury all your secrets!"
avatar
Baron
Thunderbolts
Thunderbolts

Mensagens : 110
Data de inscrição : 29/03/2014
Idade : 31

Ficha X-Marvel
Level : 4
Poderes e Atributos: Portão da Babilônia e Essência das Preciosidades +2DEF
Reputação:
5/6  (5/6)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Celas de Contenção

Mensagem por Black Queen em Qua Ago 12, 2015 10:53 pm

Des daquele dia
Nada me sacia, minha vida ta vazia
D
epois daquele dia, nada me sacia, minha vida ta vazia dês daquele dia...

A sensação de estar ali ainda me corroia muito, meus olhos estavam pesados e aos poucos ia vendo com mais clareza todos que estavam ao meu redor. Olhar para o Nicky me cortava o coração, ele não merecia estar preso, sempre foi um bom vilão e um ótimo amigo.  Me levantei um pouco tonta e levei minha mão, delicadamente, até a superfície transparente, como se fosse tocar a mão dele. E escutei de longe o que ele me falava. Livres? Rapidamente minha mão foi atraída para a boca, como um extinto para disfarçar meu queixo que balançava. Eu estava nervosa, eu não podia, eu não queria ficar ali presa. Não podíamos ficar ali, não... não.  Eu tinha algo importante dentro de mim e precisava dele, e precisava de todos nós. Engoli a seco e balancei minha cabeça. – Não, somos melhores do que isso, vamos dar um jeito. – disse erguendo a cabeça, tentando limpar as marcas de lágrimas, eu não podia ficar fraca. Eu não era fraca, não fraquejaríamos agora.

Antes que eu falasse mais alguma coisa, escuto que Melinda acordava do seu transe, claro que ela tinha escutado a proposta da Hill, aquela mulher.. . Eu não sabia de onde vinha, mas algo dentro de mim clamava ainda mais forte por vingança. Eu iria destruí-la e não me importaria o que teria que passar para conseguir isso.  Virei meu rosto para Mel e dei um meio sorriso, era estranho estarmos tão unidas depois do que passamos, mas enfim, eu a aceitava como amiga e claro, imaginava perfeitamente que ela estava tão enrascada quanto nós ... Já que não imaginava que aquilo fosse um jogo sujo de sua parte, ela não era capaz, já que estava totalmente envolvida
.
- Eu vou aceitar. – disse indo em direção ao chão, onde ficava perto de Tommy, tinha escutado a voz dele, querendo ou não eu sentia algum tipo de preocupação estranha, uma que so sentia por pessoas que realmente estavam diretamente envolvidas no meu bem estar. Levei a mão até a porcaria da tela daquela cela e suspirei olhando em direção a Mel. – Eu soube de algo tão assustador, pela minha cópia, não sei em que acreditar. – e então parei por um segundo para escuta-la ainda mais. Eu me sentia tão emocionada, eu estava sensível de mais, como poderia ser? Era estranho e ao mesmo tempo interessante e até mesmo de certa forma divertido. – Não vamos nos perder, não vamos deixar de ser quem somos, a realeza. Os Thunderbolts não mudará nada em nós a não ser o lado no qual jogamos, vamos lá, vamos matar alguns bandidos que nem nos gostamos. – estalei a língua. – Bem, eu simplesmente adoro vocês. – disse com toda sinceridade. – Eu nunca pensei em ter algo tão forte com outras pessoas. – sorrir olhando para Mel e Nicko e por fim olhando para meu Tommy. Eu não sei, mas o fato de chama-lo de meu me deixava bem confortável. – Não se preocupe Melinda, eu te entendo, completamente a culpa não foi em momento alguma sua. – conclui e voltei meu olhar para Tommy, assim como eu e todos ali, ele parecia cansado, derrotado.

- Não, não, você não esta derrotado. -   eu sussurrei apenas para mim e depois comecei a ouvi-lo.  – Eu, eu estou tentando ficar bem, sinto algumas dores no corpo, e na cabeça, mas estou bem. – disse levando a mão com mais força na cela e sorrir pela primeira vez naquele local. – Não a culpe, Shaw teria tramado isso com ela ou sem ela. – olhei para ele e fechei os olhos um pouco tentando puxar alguma energia de dentro de mim. E levei a mão até meu rosto ao escutar ele falar do Jet e de bem estar. No meu bem estar. – É bom saber que você está bem também, foi muito bom te ver aqui comigo, me deixa um pouco mais segura. – dei de ombros. – mesmo tendo uma super tela no nosso caminho e pulseiras inibidoras também. – gargalhei um pouco, quebrando aquele maldito silêncio – E sobre o Jet, não, não vou te dar outro Jet, aquilo estava no meio do nada, então não era bem seu. – fiz um bico e o escutei, como assim eu tinha salvado ele. – Não compreendi, eu te salvei? – sussurrei para ele  e paro quando escuto um barulho e vejo um monitor em minha sala, um homem surgia e falava sobre a implantação de um chip em nossas cabeças. Abri a boca e me levantei com uma ira, mas.. não podia ser. Não, não aceitava. Comecei a andar de um lado para o outro com as mãos em meu cabelo, o bagunçando e mordendo os lábios de forma insistente.

Fritar ou obedecer, foi o que ele disse. Minhas pernas começaram a ficar cada vez mais bambas, que ser eu seria, com algo em minha cabeça, como eu seria uma boa mãe. E então minhas pernas me traem e eu caiu de joelhos e com a boca aberta a procura de algum tipo mais eficaz de ar para respirar. Parecia que oxigênio já não fazia tanto efeito.  – Temos tantas escolhas... – disse limpando os olhos que estavam cheios de lágrimas.  – E que venham a era dos Thunderbolts... – disse tentando me controlar, eu deveria me controlar, eu precisava me manter firme pelo bebê. Era ele que me guiava em tudo agora.


Hora: Algum momento depois da captura da SHIELD
Local : Celas da Shield
Participantes : Black Queen, Red Queen, Baron and Nickolay
Titulo : Depois daquele Dia

frase 3

___________________________________________________





The Evil Royalty
®
avatar
Black Queen
Thunderbolts
Thunderbolts

Mensagens : 189
Data de inscrição : 13/05/2014

Ficha X-Marvel
Level : 6
Poderes e Atributos: Necromancia e Menecinese ( +3 ATK, +2 DEF e +3 Armas)
Reputação:
-7/-12  (-7/-12)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Celas de Contenção

Mensagem por Red Queen em Qua Set 09, 2015 10:44 pm

@Lih

Eye of the Needle
 WHERE: Celas de Contenção da S.H.I.E.L.D. ● WITH: Merida, Nick e Tommy.

“Take me down… I’m feeling now.”

     
As palavras de Maria Hill gotejaram sobre mim como a saliva de um grande dragão branco, de olhos leitosos e dentes repugnantes. Sabia que aquela proposta de liberdade não viria à toa. Quando a cara dela surgiu em cada maldito monitor das Celas de Contenção, senti como se o inibidor de poderes especiais ao redor do meu pescoço estivesse ficando mais apertado ainda. Psicologicamente, ele estava. Acho que criminosos não podem ter consciência. Na primeira vez em que tentei fazer algum bem enganando Shaw, ele deu a volta por cima e entregou a todos nós como postas de salmão ao molho de maracujá. Ainda estalando numa bandeja de prata. Como eu sabia que não sairia dali viva, e por ter visto as reações de todos os meus aliados, tive certeza de que nenhuma outra escolha seria possível naquele maldito inferno.

 “Tenham uma boa noite, meus mais novos... Convidados. Como podem ter percebido, as coisas não saíram exatamente da forma que o Clube do Inferno estava esperando. A invasão financiada por vocês fracassou. Agora, vocês estão nas mãos da S.H.I.E.L.D. e das Nações Unidas. A mesma organização cuja base principal as duas “Rainhas” presentes ajudaram a destruir. Agora, eu serei bem franca com todos os quatro. Vocês têm muita sorte. Como fui informada hoje, serei novamente apenas Vice-Diretora, da S.H.I.E.L.D. As novas ações serão determinadas pelo nosso novo Diretor, o Agente Ink. Saibam que, se fosse por mim, colocaria todos numa câmara de gás para que ninguém tivesse de tolerar suas monstruosidades outra vez. Mas o novo Conselho é mais... Generoso. Quando os levamos em custódia, realizamos um pequeno procedimento cirúrgico em seus cérebros. Não se preocupem, não haverão cicatrizes. Acontece, que um neurocomunicador e um dispositivo de segurança foram instalados atrás de seus globos oculares esquerdos. Dessa forma, poderemos monitorá-los vinte e quatro horas por dia. Seus direitos como cidadãos acabaram. Revogados pelas Nações Unidas por seus atos terroristas. No futuro de todos, propomos uma escolha. Sirvam ao mundo que tentaram destruir como Thunderbolts, realizando missões que nenhum outro grupo aceitaria cumprir. Façam isso, e serão perdoados. Recusem, e serão entregues a júri popular. Garanto que nenhum cidadão de qualquer continente votará a favor de super vilões. Mas estejam livres para arriscar... Eu gostaria de ver isso, inclusive. Aqueles que decidirem aceitar a nossa proposta, fiquem de pé em posição de sentido, na cela. Nossos agentes irão liberá-los dos inibidores, e indicarão seus dormitórios. Em breve, o novo líder dos Thunderbolts virá buscá-los... Eu acho.”

   Com ainda mais frieza do que iniciou seu discurso, Maria Hill o encerrou. Todos os monitores se apagaram, e a penumbra voltou a envolver as celas. Tensa, ouvi o que Alice tinha a dizer, e sorri pela ironia de considerarmos uma a outra como amigas, depois de termos tido um começo tão difícil em nossa primeira missão juntas. Com essas experiências ruins de lado, identificava-me com ela, por ser tão parecida comigo. Todos os meus crimes, minha atitude de vadia mandona e frígida, tudo isso era uma armadura tão calculadamente estabelecida, que agora era difícil encarar meu próprio reflexo. Uma garota de maquiagem borrada, corpo esguio e zero de autoestima. Ou segurança. Eu não me sentia nem um pouco nobre, naquele momento. Shaw tinha essa coisa. Ele sempre fora capaz de me fazer sentir superior ao mundo, como se todos fossem indignos de mim. A verdade, era que desde que eu havia descoberto sobre minha ligação com Mephisto , só desejara desesperadamente ser aceita. Por qualquer um. Havia sido assim com Viktor Soulstone. Um mercenário que eu seduzira, para que me acompanhasse na missão que lhe ceifou a vida. Eu o havia matado, indiretamente. E pela primeira vez na vida, sentia culpa. Sentia. Qualquer sentimento bom que fosse. E realmente sentir algo, se entregar a uma emoção, doía demais. Principalmente depois de uma vida inteira de escolhas erradas. Antes que mudasse de ideia, fiquei de pé e torci as mãos. Aposto como Hill não imaginaria que eu seria a primeira a aceitar sua proposta de verdade.

- Ela só repetiu o que todos nós já sabíamos. Nenhum de nós vai sair daqui se não aceitar trabalhar pra eles. Acho que no fundo não é tão ruim, sabe? Matar os bandidos, pra variar... – Dei de ombros, sorrindo sem um pingo de humor. Era muita humilhação, me despir do meu orgulho. Eu era a Rainha Vermelha. Eu e Shaw comandávamos o Clube do Inferno, e eu era a pupila de um dos mutantes mais procurados do mundo. A casta vermelha havia sido criada só para nós dois. Aceitar a derrota era difícil, com tamanho ego. – Vice-Diretora Hill, se estiver me ouvindo, eu aceito. Pela milésima vez! Tire-me daqui, e até visto um uniforme preto e rubro, se quiserem. Cansei de brincar de prisioneira! Prefiro ser membro de um time suicida, do que esperar a morte aqui dentro! – Olhei para os outros. Esperava que Baron não quisesse me matar de verdade. Nickolay parecia legal. Sorri para ele, apesar de não conhecê-lo bem. Havia lido sua ficha, no entanto. Era difícil dizer o que ele realmente escolheria. – Estou pronta pra começar o serviço, como robô de campo. – Cruzei os braços, enojada com aquele maldito inibidor de poderes.

     Esperava que minha atitude de alguma forma incentivasse aos outros. Podia parecer estúpido naquele momento, mas de um jeito absurdo, eu temia que fosse sofrer de verdade se um deles morresse.  O que era, realmente, uma surpresa para alguém como eu. Suponho que os sentimentos esquecidos ou roubados são como uma nascente travada em uma represa. Mephisto me deu poderes, mas levou minhas emoções. Agora, elas estavam voltando. Se isso tinha alguma relação com ele, eu não queria saber. Mas minha represa havia sido rompida. E eu estava ansiosa para sentir. O que quer que aquilo fosse...


OBS: O discurso de Maria Hill retratado na TP tem fins de Trama, e foi aprovado pela Staff.    

Melinda Folks
Red Queen


Dados básicos:

Atributos: +6 ATK.
Bônus por nível: +8 BN
Bônus por Uniforme:
•Uniforme de Assassino - +3 de ATK (A cada dois níveis ganha +2 de ATK):



Equipamentos:

--Anel com Brasão da Família Real de Lyfaor;

Perícias:


1.Lábia

2.Resistência Mágica- Capaz de entender e compreender os mistérios da magia, esse jogador torna-se mais resistente a esse tipo de ataque do que outros jogadores. Com essa pericia, o jogador pode GANHAR uma defesa contra magia de +2 de proteção 1 vez a cada 2 turnos. O bônus dessa perícia aumenta +2 pontos a cada nível que subir.

Desvantagens:


1.Dívida de Sangue - Mephisto salvou a vida de Melinda quando criança, e ela tem para com o demônio uma relação de dívida eterna.;

2. Alergia – Alérgica a morangos e abelhas.

PODERES:

Magia Vodu.

Nível Um.

“Vodu Doll”: O player tem a capacidade de provocar lesões no próprio corpo, para ferir os inimigos. Se preferir, também pode conjurar bonecos de palha no formato de seres humanos, e usá-los como referência. Precisa ver o alvo de seus golpes, numa distância de até 25m, além de ser obrigado a usar as agulhas conjuradas para seu intento, podendo ferir-se e sair ileso apenas por elas. +1 em ataque, e seus adversários recebem -1 de defesa, pelo ferimento. Habilidade possível 1 vez a cada 2 turnos.


“Médium”: Melinda pode ver, ouvir e falar com os mortos. Pode invocá-los ao seu bel prazer, e forçá-los a compartilhar informações, desde que estejam nos planos infernais. Espíritos bondosos são imunes aos seus poderes, e embora apareçam, não podem ser dominados. Com sua mediunidade, pode fazer com que seus inimigos tenham visões de seus entes queridos que se foram. Os alvos perdem -1 de esquiva e defesa pela distração. Um dado 1d10 é lançado. Se o resultado for maior que cinco, o inimigo de Melinda perde uma de suas ações, distraído pelos fantasmas. Se for menor, recebe apenas os DESCONTOS normais. Pode ser utilizada a cada três turnos.


"Zumbis": O usuário pode erguer até dois corpos zumbificados de aparência demoníaca, invocados das dimensões infernais num vórtice negro. Cada um deles, pode realizar um único movimento por rodada, de ataque ou defesa. Possuem 10HP, e +1 de ataque cada. Obs: Os zumbis vodus não são destruídos com tiros na cabeça, como os zumbis modernos. São corpos reanimados por feitiçaria, e se movem até que não sobre nada dos mesmos. Só podem ser destruídos por fogo, habilidades de cura, mutilação ou magias de luz, negando outros danos. Somem depois de duas rodadas. Podem ser invocados de novo num intervalo de quatro turnos.


“Relâmpago Negro”: O bruxo vodu pode absorver energia, da dor provocada em seus inimigos. Na ocasião em que ativa esta habilidade, ele absorve a energia dos planos inferiores e conjura um raio semelhante à um relâmpago, embora feito de sombras. +1 de ataque. Duas rodadas de intervalo.



Nível Dois.

"Sem Alma": Capacidade de não sentir absolutamente nenhuma dor, assim amenizando qualquer ferida que receba, diante de ações inimigas. Com a mente treinada nas artes mágicas mais obscuras, o feiticeiro vodu torna-se capaz de esvaziá-la completamente como se fosse um boneco sem vida. Isso o torna imune a quaisquer ataques psíquicos, ilusões, ou influências mentais de inimigos no mesmo nível, ou mais fracos que ele.  Muito útil em interrogatórios, ou tentativas de tortura. Ganha +2 de defesa contra ataques psíquicos, mágicos e espirituais.[Passiva] Bônus aumenta em +1 para cada nível adquirido.


"Venomante": Feiticeiros Vodus utilizam as mais variadas espécies de serpentes e toxinas alucinógenas em seus rituais, e são constantemente conectados a tais criaturas, espiritualmente. Com esta habilidade, Melinda pode controlar até duas serpentes comuns por vez, e se comunicar livremente com as mesmas. É imune à qualquer toxina conhecida, suportando gases venenosos, drogas, e podendo ingerir alimentos impensáveis, como produtos químicos, ácidos e elementos tóxicos. +2 de defesa contra golpes que envolvam veneno ou ácidos.(Passiva). Bônus aumenta em +1 para cada nível adquirido.


"Nevasca Obscura": A feiticeira invoca uma terrível nevasca, que atinge os inimigos com fragmentos afiados de gelo. Durante a duração de seu feitiço, no ar soam gargalhadas e gritos dos espíritos das trevas, que podem confundir os adversários. +2 de ataque e +2 de defesa contra golpes de gelo. Intervalo de três turnos.


"Telecinese Vodu": Torna Melinda capaz de erguer até 250kg de matéria, podendo comprimí-la, arremessá-la, e manipulá-la com facilidade, quebrando e transformando em projéteis ou escudos. +2 de ataque. Intervalo de três turnos. Pode erguer-se no ar e utilizar o poder para voar, sem custos. [Passiva].



Nível Três.

“Vodu Doll”: O player tem a capacidade de provocar lesões no próprio corpo, para ferir os inimigos. Se preferir, também pode conjurar bonecos de palha no formato de seres humanos, e usá-los como referência. Precisa ver o alvo de seus golpes, numa distância de até 25m, além de ser obrigado a usar as agulhas conjuradas para seu intento, podendo ferir-se e sair ileso apenas por elas. +3 em ataque, e seus adversários recebem -3 de defesa, pelo ferimento. Habilidade possível 1 vez a cada 2 turnos.


“Médium”: Melinda pode ver, ouvir e falar com os mortos. Pode invocá-los ao seu bel prazer, e forçá-los a compartilhar informações, desde que estejam nos planos infernais. Espíritos bondosos são imunes aos seus poderes, e embora apareçam, não podem ser dominados. Com sua mediunidade, pode fazer com que seus inimigos tenham visões de seus entes queridos que se foram. Os alvos perdem -3 de esquiva e defesa pela distração. Um dado 1d10 é lançado. Se o resultado for maior que cinco, o inimigo de Melinda perde uma de suas ações, distraído pelos fantasmas. Se for menor, recebe apenas os DESCONTOS normais. Pode ser utilizada a cada três turnos.


"Zumbis": O usuário pode erguer até dois corpos zumbificados de aparência demoníaca, invocados das dimensões infernais num vórtice negro. Cada um deles, pode realizar um único movimento por rodada, de ataque ou defesa. Possuem 30HP, e +3 de ataque cada. Obs: Os zumbis vodus não são destruídos com tiros na cabeça, como os zumbis modernos. São corpos reanimados por feitiçaria, e se movem até que não sobre nada dos mesmos. Só podem ser destruídos por fogo, habilidades de cura, mutilação ou magias de luz, negando outros danos. Somem depois de duas rodadas. Podem ser invocados de novo num intervalo de quatro turnos.


“Relâmpago Negro”: O bruxo vodu pode absorver energia, da dor provocada em seus inimigos. Na ocasião em que ativa esta habilidade, ele absorve a energia dos planos inferiores e conjura um raio semelhante à um relâmpago, embora feito de sombras. +3 de ataque. Duas rodadas de intervalo.



Nível Quatro.

"Nevasca Obscura": A feiticeira invoca uma terrível nevasca, que atinge os inimigos com fragmentos afiados de gelo. Durante a duração de seu feitiço, no ar soam gargalhadas e gritos dos espíritos das trevas, que podem confundir os adversários. Seu corpo é coberto de gelo, potencializando seus golpes +4 de ataque e +4 de defesa. Intervalo de três turnos.


"Telecinese Vodu": Torna Melinda capaz de erguer até 300kg de matéria, podendo comprimi-la, arremessá-la, e manipulá-la com facilidade, quebrando e transformando em projéteis ou escudos. Com esforço, pode gerar dois braços negros psicocinéticos e intangíveis na forma de duas garras demoníacas de cor arroxeada, que atingem até dois alvos ao mesmo tempo, com socos poderosos. Ou, pode criar um escudo com as garras mentais, que se mantém ativo por dois turnos. Oferece +4 em defesa ou ataque, dependendo da ação. Intervalo de três turnos.


“Quebranto”: O bruxo vodu invoca a energia das trevas para prejudicar um alvo de sua maldição, que dura por duas rodadas ativa. Durante este período, o alvo escolhido receberá uma penalidade de -4 em todos os seus movimentos, e em quaisquer ações ofensivas ou defensivas que tente realizar. Mas devido à conexão com Melinda, ela leva -4 de ataque contra o mesmo alvo. Pode ser usada a cada três turnos.


"Pirocinese Infernal": Consegue criar labaredas negras que percorrem até 25 metros antes de atingirem os inimigos. Seu fogo pode adquirir formas de criaturas demoníacas, que riem e debocham de seus oponentes com consciência viva, conferindo +5 de ataque na ação. Habilidade usada 1 vez a cada três turnos.


"Bamf!": Melinda invoca um pequeno bando de demônios em miniatura, que a envolvem como se fossem seus filhotes. Eles a envolvem com névoa negra, e podem teleportá-la durante o combate, numa distância de até 400 metros. +4 de esquiva. Três rodadas de intervalo.



Nível Cinco.

“Vodu Doll”: O player tem a capacidade de provocar lesões no próprio corpo, para ferir os inimigos. Se preferir, também pode conjurar bonecos de palha no formato de seres humanos, e usá-los como referência. Precisa ver o alvo de seus golpes, numa distância de até 25m, além de ser obrigado a usar as agulhas conjuradas para seu intento, podendo ferir-se e sair ileso apenas por elas. +5 em ataque, e seus adversários recebem -5 de defesa, pelo ferimento. Habilidade possível 1 vez a cada 3 turnos.


“Médium”: Melinda pode ver, ouvir e falar com os mortos. Pode invocá-los ao seu bel prazer, e forçá-los a compartilhar informações, desde que estejam nos planos infernais. Espíritos bondosos são imunes aos seus poderes, e embora apareçam, não podem ser dominados. Com sua mediunidade, pode fazer com que seus inimigos tenham visões de seus entes queridos que se foram. Os alvos perdem -5 de esquiva e defesa pela distração. Um dado 1d10 é lançado. Se o resultado for maior que cinco, o inimigo de Melinda perde uma de suas ações, distraído pelos fantasmas. Se for menor, recebe apenas os descontos normais. Pode ser utilizada a cada três turnos.


"Domadora de Demônios": Melinda pode invocar dois poderosos demônios dos círculos infernais, com garras avantajadas, caninos afiados, pele escamosa e asas de morcego. Possuem 70HP, e +5 de ataque ou defesa. Somem depois de duas rodadas. Podem ser invocados de novo num intervalo de quatro turnos.


“Relâmpago Negro”: O bruxo vodu pode absorver energia, da dor provocada em seus inimigos. Na ocasião em que ativa esta habilidade, ele absorve a energia dos planos inferiores e conjura um raio semelhante à um relâmpago, embora feito de sombras. +5 de ataque. Três rodadas de intervalo.


“Misericórdia Maldita": Em situações extremas, Melinda pode utilizar a força do inferno para burlar as leis espirituais. Quando um aliado for morto em combate, poderá sacrificar todas as suas ações na rodada e 20HP, para trazê-lo de volta à vida, com 10HP de energia. Melinda fica vulnerável ao realizar este ritual, e deve ser protegida. Intervalo de quatro turnos.


Conjuração e Domínio Dimensional de Dragões.


Nível Um.


“Invocar Dragão”: Melinda invoca um poderoso dragão das dimensões paralelas. Com 50HP, a criatura possui a capacidade de cuspir fogo em labaredas de até 20 metros. O dragão possui cinco metros de comprimento, e pode voar em até 50km/h. Pode realizar duas ações por rodada, obedecendo aos comandos mentais de sua mestra, através da mente coletiva, com +1 de ataque. O dragão só pode ser invocado novamente, após quatro rodadas de sua última morte.



“Fisiologia Dracônica”:Pode se transfigurar numa criatura híbrida assustadora, de dragão e humano. Neste aspecto, recebe asas dracônicas capazes de voar em velocidade de até 30km/h.+1 de esquiva. Suas garras tornam-se afiadas, assim como os seus dentes. +1 de ataque. Três rodadas de intervalo.



“Lábia Dominadora”: Melinda é a domadora perfeita, capaz de controlar mesmo as criaturas mais selvagens das dimensões paralelas. Pode utilizar sua voz de comando com qualquer criatura viva, para enviar comandos cerebrais eficientes, em sentenças claras. -1 de ataque e defesa para o alvo. Três turnos de intervalo.



“Mãe dos Dragões”: Pode dominar e falar com dragões e répteis de qualquer espécie, incluindo serpentes, crocodilos, lagartos, iguanas, camaleões, etc. Pode reforçar a própria pele com placas de escamas típicas dessas espécies, adquirindo +1 de defesa.



Nível Dois.


“Transfiguração Dracônica”: Melinda se transfigura totalmente em um dragão, com três metros de altura. Sua forma dracônica mantém as asas, mas recebe +2 em defesa devido às escamas de dragão. Pode lançar um sopro de fogo, ou atacar com unhas, cauda e dentes nesta forma, recebendo então +2 de ataque. Intervalo de três rodadas. A transformação pode durar até duas.



“Transmutação Dracônica”: Pode transformar o punho numa cabeça de dragão, capaz de emitir uma labareda de chamas ou rajada de gelo intensa. +2 de ataque. Intervalo de três turnos.



“Sabedoria dos Dragões”: Pode localizar objetos valiosos e pessoas num raio de 100 metros, além de adquirir o dom de interpretar as palavras e reações dos adversários, descobrindo sempre quando trata-se de uma mentira, desde que possa manter contato visual. +2 de esquiva, por saber o que esperar do inimigo, prevenindo-se e nunca sendo pega de surpresa. Intervalo de três turnos.



“Conjuração Dracônica”: Pode transformar animais comuns como cães, gatos, cavalos, peixes, aves, etc, em dragões. Os dragões terão tamanho equivalente ao da criatura usada como matéria prima, e 20HP. Receberão +2 em seus ataques, conectados mentalmente às ordens de Melinda. Não funciona em espécies com intelecto superior. Limite de dragões conjurados é de dois. Intervalo de três rodadas.



Nível Três.


“Invocar Dragão”: Melinda invoca um poderoso dragão das dimensões paralelas. Com 70HP, a criatura possui a capacidade de cuspir fogo em labaredas de até 30 metros. O dragão possui cinco metros de comprimento, e pode voar em até 65km/h. Pode realizar duas ações por rodada, obedecendo aos comandos mentais de sua mestra, através da mente coletiva, com +3 de ataque. O dragão só pode ser invocado novamente, após quatro rodadas de sua última morte.




“Fisiologia Dracônica”:Pode se transfigurar numa criatura híbrida assustadora, de dragão e humano. Neste aspecto, recebe asas dracônicas capazes de voar em velocidade de até 40km/h.+3 de esquiva. Suas garras tornam-se afiadas, assim como os seus dentes. +3 de ataque. Três rodadas de intervalo.



“Lábia Dominadora”: Melinda é a domadora perfeita, capaz de controlar mesmo as criaturas mais selvagens das dimensões paralelas. Pode utilizar sua voz de comando com qualquer criatura viva, para enviar comandos cerebrais eficientes, em sentenças claras. -3 de ataque e defesa para o alvo. Três turnos de intervalo.



“Mãe dos Dragões”: Pode dominar e falar com dragões e répteis de qualquer espécie, incluindo serpentes, crocodilos, lagartos, iguanas, camaleões, etc. Pode reforçar a própria pele com placas de escamas típicas dessas espécies, adquirindo +3 de defesa.



Nível Quatro.



“Transfiguração Dracônica”: Melinda se transfigura totalmente em um dragão, com cinco metros de altura. Sua forma dracônica mantém as asas, mas recebe +4 em defesa devido às escamas de dragão. Pode lançar um sopro de fogo, ou atacar com unhas, cauda e dentes nesta forma, recebendo então +4 de ataque. Intervalo de três rodadas. A transformação pode durar até duas.



“Transmutação Dracônica”: Pode transformar o punho numa cabeça de dragão, capaz de emitir uma labareda de chamas ou rajada de gelo intensa. +2 de ataque. Intervalo de três turnos.



“Sabedoria dos Dragões”: Pode localizar objetos valiosos e pessoas num raio de 100 metros, além de adquirir o dom de interpretar as palavras e reações dos adversários, descobrindo sempre quando trata-se de uma mentira, desde que possa manter contato visual.+4 de esquiva, por saber o que esperar do inimigo, prevenindo-se e nunca sendo pega de surpresa. Intervalo de três turnos.



“Conjuração Dracônica”: Pode transformar animais comuns como cães, gatos, cavalos, peixes, aves, etc, em dragões. Os dragões terão tamanho equivalente ao da criatura usada como matéria prima, e 40HP. Receberão +4 em seus ataques, conectados mentalmente às ordens de Melinda. Não funciona em espécies com intelecto superior. Limite de dragões conjurados é de dois. Intervalo de três rodadas.



“A Não-Queimada”: Melinda adquire imunidade parcial às chamas, podendo respirar e caminhar livremente entre elas. Adquire +4 de resistência contra ataques que usem este elemento, e pode conjurar chamas de até vinte metros, recebendo +4 de ataque. Intervalo de três turnos.



Nível Cinco.


“Invocar Dragão”: Melinda invoca um poderoso dragão das dimensões paralelas. Com 90HP, a criatura possui a capacidade de cuspir fogo em labaredas de até 50 metros. O dragão possui cinco metros de comprimento, e pode voar em até 90km/h. Pode realizar duas ações por rodada, obedecendo aos comandos mentais de sua mestra, através da mente coletiva, com +5 de ataque. O dragão só pode ser invocado novamente, após quatro rodadas de sua última morte.



“Fisiologia Dracônica”:Pode se transfigurar numa criatura híbrida assustadora, de dragão e humano. Neste aspecto, recebe asas dracônicas capazes de voar em velocidade de até 70km/h.+5 de esquiva. Suas garras tornam-se afiadas, assim como os seus dentes. +5 de ataque. Três rodadas de intervalo.



“Lábia Dominadora”: Melinda é a domadora perfeita, capaz de controlar mesmo as criaturas mais selvagens das dimensões paralelas. Pode utilizar sua voz de comando com qualquer criatura viva, para enviar comandos cerebrais eficientes, em sentenças claras. -5 de ataque e defesa para o alvo. Três turnos de intervalo.



“Mãe dos Dragões”: Pode dominar e falar com dragões e répteis de qualquer espécie, incluindo serpentes, crocodilos, lagartos, iguanas, camaleões, etc. Pode reforçar a própria pele com placas de escamas típicas dessas espécies, adquirindo +5 de defesa.



“Portal Dimensional das Chamas”: Pode abrir um portal direto para a dimensão dos dragões, invocando uma tempestade de fogo na direção de seus adversários. +5 de ataque, e -5 por queimadura para os atingidos, durante duas rodadas. Habilidade possível a cada quatro turnos.


___________________________________________________






Melinda M. Folks


Tunderbolts U.u
Red Queen

avatar
Red Queen
Thunderbolts
Thunderbolts

Mensagens : 29
Data de inscrição : 09/07/2014
Idade : 21
Localização : Unknow.

Ficha X-Marvel
Level : 4
Poderes e Atributos: Magia Vodu & Conjuração|Controle Dimensional de Dragões (+4 Atk).
Reputação:
-5/-6  (-5/-6)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Celas de Contenção

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum