— x мαrvєℓ υทivєrsє
Faça parte do nosso RPG e seja aquilo que sempre sonhou! Herói, vilão, mercenário ou benfeitor independente, temos uma vaga para você! Libere sua imaginação e realize grandes ou terríveis feitos em nosso Universo XMarvel!

Locomotiva da Morte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Locomotiva da Morte

Mensagem por Abraham Andervild em Qui Jun 02, 2016 7:36 am

“Locomotiva da morte”: Um trem de carga esta armado com inúmeros explosivos que estão indo em direção a uma cidade na Rússia. Com o objetivo de destruir uma cidade próxima Moscou, uma das dezenas de cidades vitimas da tragédia nuclear, um grupo de terroristas russos querem impedir que os militares organizem um posto avançado, que está sendo utilizado para resgate e programação de equipes de salvamento para salvarem os cidadãos que estavam nas mediações de Moscou, entre outras cidades vitimas do atentado. Para parar esse trem, um agente especial da SHIELD deverá ir de helicóptero até o trem, que estará em grande velocidade, pousar na locomotiva e instalar um equipamento sinalizador, o qual irá assegurar que um míssil de alta precisão exploda o veículo terrorista. Além disso o agente deverá lidar com 8 terroristas que estarão no trem, o protegendo de qualquer ameaça contra seu atentado. Desça no trem, acabe com os terroristas, instale o dispositivo e saia de lá antes que o míssil destrua o veículo.

___________________________________________________





By Asgard and nothing more...
avatar
Abraham Andervild
Agents of S.H.I.E.L.D
Agents of S.H.I.E.L.D

Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2015

Ficha X-Marvel
Level : 2
Poderes e Atributos: Poderes da raça Asgardiana e Super Velocidade:
Reputação:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Locomotiva da Morte

Mensagem por Abraham Andervild em Qui Jun 02, 2016 10:26 am


The Name of the Wind


Dor e sofrimento. As diversas mortes que aconteceram nesses dias devido a desastres nucleares orquestrados pelo Clube do Inferno, pareciam que estavam quebrando minha alma e meu espírito.  Cada alma e vida que não salvei pareciam recair como o peso da gravidade em cima do meu corpo. Isto tem nome. Os humanos normalmente a chamam de culpa. A pior parte de recuperar a memória. Tenho consciência de que até para mim, seria impossível salvar tantas pessoas, meu coração, contudo, não tinha essa certeza. Vi que muitos dos meus amigos de trabalho pareciam da mesma forma, alguns perderam pessoas próximas e eu não sabia onde estava minha filha. Por isso, mesmo destruído por dentro eu não poderia parar de lutar para salvar as pessoas e quem sabe na esperança de consertar minhas falhas. Hill, havia quase me expulsado da S.H.I.E.L.D., me pedindo para ir para casa descansar e eu prontamente desobedeci. Estava no exato momento em Oklahoma, último lugar em que Nébula foi vista, buscando entre vestígios nos escombros alguns sobreviventes. Meus passos em meio a total desordem, a um ambiente catastrófico, radioativo, tocavam com cautela os escombros abaixo. Ouvi, bem ao fundo um barulho, eram alguns metros, próximo a um antigo hospital. Corri, tirando o entulho de cima e avistei um menino. Era ruivo, cerca de doze anos, pedia por ajuda. Tentei acalma-lo e depois tentei tirar a massa de cimento. O garoto reclamou de dor. Não daria para tirar aquilo sem o machucá-lo ainda mais. Toquei meu ouvido, ativando o comunicador. - Central, preciso de uma equipe de extração. Urgente! Ambiente radioativo. Sigam minhas coordenadas. – Interrompi a comunicação, antes de receber qualquer tipo de bronca. Esperei ao lado do garoto, ele parecia mais tranquilo com alguém do lado, não parava de perguntar sobre sua mãe e as vezes tentava se mexer. O resgate demorou umas 3hrs. Assim que dois helicópteros pousaram em solo, fui em sua direção. Do primeiro, uma equipe de resgate saiu com roupas ante radioativas, apontei-lhes o caminho do garoto, do segundo saíram apenas dois agentes, com roupas para radiação, que vieram até mim. Pelo jeito de andar eu sabia pelo menos quem era um deles. Ermani Prince, um dos caras da inteligência, fazia o tipo jovial. Foi ele que me dirigiu a palavra. - Lobo Branco, sou seu fã, tu sabe disso, mas dessa vez tu fez merda, a chefe tá brava com você, mas digamos que está com sorte. Tu tens uma missão!

Tivemos que deixar o local com urgência, pois a minha nova missão era na Rússia. Descobri que a outra agente era uma paramédica e estava naquele helicóptero para cuidar dos meus altos níveis de radiação. Foi ingerido um soro no meu pulso enquanto eu recebia as instruções sobre a missão. Um grupo de extremistas anárquicos, chamados “Os Libertadores”, haviam roubado um trem de carga, o rechearam de explosivos e pretendiam explodir um posto avançado em Noginsk, cidade a 53.29 km de Moscou. O tempo estava passando e eu não aguentaria perder mais vidas. Pensei até em ir correndo, a nave, no entanto era bem mais rápida do que eu e teria que guardar energia. Evitei que Prince, desviasse minha atenção, ele poderia ser irritante quando queria. Com a proximidade do trem pude ver o quanto era grande. Haviam uns doze vagões de extensão, as cores da lataria variavam entre vermelho e branco com alguns detalhes em preto. Estávamos atravessando uma área rural, perfeito para interceptação. Assim que me preparava para saltar fui alertado pelo agente. - Estou captando 8 leituras térmicas isoladas, isso quer dizer que você terá companhia para a festa. Boa sorte! - Fiz apenas um sinal com a cabeça, me posicionei esperando o momento em que a aeronave estivesse bem próxima do trem. Quando a hora certa chegou, saltei. No ar, vibrei meu corpo para evitar um impacto mais destrutivo ou para até mesmo atravessa-lo sem arranhar a lataria. Minha surpresa foi ver que eu entrei sem nenhum estrago. Pousei no chão, rolando e parei ajoelhado no meio do vagão. Vi logo, dois homens que me olhavam espantados com armas em mãos. Sem dar tempo de reação, corri para cima deles em super velocidade e com os braços abertos acertei ambos deixando os inconscientes no chão. Tratei de esconder os dois corpos em sombras atrás de alguns contêineres, devidamente amarrados.


Devagar, comecei a vasculhar os demais vagões. Encontrei mais dois distraídos que foram liquidados sem muito esforço. Precisava chegar na sala de máquina. Para isso eu teria que subir no casco por cima e entrar pelo acesso por fora. Foi o que tentei fazer. Subi o casco e me confrontei com mais 3 em cima do trem. Eles portavam AK-45 cada um e abriram fogo assim que me viram subir. Logo ativei meu poder deixando tudo num estado de letargia aos meus olhos, apesar das balas aparentemente não poderem me acertar desviando delas rápido, comecei a girar meus braços até formar ventos em alta velocidade que jogaram os três para fora do trem. Só depois que vi que eles estavam vivos, caminhei até a sala de máquinas. Assustei os dois homens ao aparecer repentinamente no lugar. - Tenho que avisar a vocês que largue as armas e parem esse trem. Vocês terão seus direitos respeitados. – Um dos homens bradou logo uma resposta. - O governo não dá direitos, estabelece privilégios... – E literalmente abriu fogo a queima roupa contra mim, uma atitude nada cordial por sinal. Sem tempo de ser tão rápido, tentei desviar tomando um tiro de raspão e lhe dei um soco que quase deslocou sua mandíbula. O outro se rendeu. Com o trem sobre controle, instalei o sinalizador, travei os freios para diminuir a velocidade e comecei a evacuar os homens que estavam dentro da locomotiva. Tinha pouco tempo, a proximidade com a cidade e a proximidade do míssil ficava cada vez mais curta. Na última hora evacuei a última pessoa junto comigo. Todos os terroristas haviam sido salvos e o trem foi interceptado. Missão completa. Sentei no meio do campo esperando o resgate chegar pensativo e com um leve ferimento no ombro. Onde estaria Nébula?

Poderes Usados:

Super Velocidade:
• “Super velocidade”: É capaz de chegar à 300km/h. Com essa velocidade, além do resultado dos dados, o jogador recebe +1 ponto de esquiva a cada 3 turnos.  
• “Vibração corporal”: Pode vibrar todas as moléculas de seu corpo, fazendo-o vibrar por completo, em grande escala. Dessa forma, é capaz de transpassar uma parede solida de até 50 centímetros de espessura. Se usar essa habilidade para fazer um golpe passar por dentro de seu corpo, além do resultado dos dados, o jogador recebe +1 ponto de esquiva.
• “Criação de vórtices”: Capaz de girar seu corpo tão rápido que se torna um tornado humano, ou girar suas extremidades formando tornados e atacando inimigos com tufões de vento, podendo percorrer a distancia de 10 metros, ferindo e danificando quem estiver em seu caminho. 1d12 é lançado e o resultado é dividido entre todos os seus inimigos. Habilidade possível 1 vez a cada 4 turnos.

Poderes da Raça Asgardiana:
• “Força Asgardiana”: Como todos sabem, os asgardianos tem uma grande força física, capazes de levantarem toneladas e arremessar objetos com centenas de quilos em seus inimigos, além de utilizarem sua força para outras coisas. Neste nível, o jogador é capaz de levantar cerca de 1000 quilos, ganhando +1 ponto de dano quando utiliza de sua força física para ataque. Habilidade possível 1 vez a cada 3 turnos.

Ran - Cupcake Graphics

[/b][/b]
[/b]

___________________________________________________





By Asgard and nothing more...
avatar
Abraham Andervild
Agents of S.H.I.E.L.D
Agents of S.H.I.E.L.D

Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2015

Ficha X-Marvel
Level : 2
Poderes e Atributos: Poderes da raça Asgardiana e Super Velocidade:
Reputação:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum